quarta-feira, 26 de maio de 2010

Gente sábia...


Ontem, me encontrei no elevador com uma senhora que trabalha onde eu trabalho. Subimos conversando. Aquela conversa foi algo tão diferente, que tive que descrever aqui desta vez. Como as pessoas mais vividas tem histórias. E o principal: como essas histórias são interessantes.
Ela é uma senhora vaidosa, com um visual sofisticado e não aparenta ter a idade que tem. Ela contou histórias da época de escola, das amigas e de como era vaidosa desde nova. Viajei e imagieni toda aquela história como algo real, sabe? As histórias de mulheres que revolucionaram, que tem algo interessante, sempre me fascinou. Não aquelas que casam e se tornam inferiores, mal vestidas e rancorosas. Mas aquelas que envelhecem se cuidando, que tem histórias, se vestem bem e se amam. Uns dias antes, eu havia assistido o filme "Coco Antes de Chanel", uma obra magnífica. Já me tornei fã da grande Coco Chanel, mas, voltando ao principal, aquela história me fez viajar. Me senti como se estivesse lendo um romance, entende? Daqueles que te prendem até o final.

Aquela situação me intrigou, não so pelo fato de sempre ter gostado de ouvir os mais velhos, mas por ter me feito viajar em algo tão longo em alguns segundos no elevador.

Coisas da vida...